A nossa história

O Alex cresceu na Bobadela. A Ana Luisa viveu na Bobadela por um tempo muito curtinho e por isso nunca se cruzaram nos primeiros anos de vida. No entanto, o Alex roubava as laranjas do quintal do avô da Ana Luisa. Mesmo durante as milhares de visitas que a Ana Luisa fez aos avós na Bobadela, e depois de frequentarem os mesmos locais de brincadeira, nunca se cruzaram. A Ana Luisa foi viver para Faro, e uns anos depois, o Alex foi também…

Viveram a cerca de 800 metros um do outro e nop, não se cruzaram.

A Ana Luisa mudou-se depois para Lisboa. Foi morar para a Alameda, e o Alex mudou-se para quatro prédios acima.
Viveram na mesma rua, no mesmo lado da rua, e nunca se cruzaram.
Depois da Faculdade, a Ana Luisa decidiu fazer um curso profissional de edição de vídeo. O Alex foi para a mesma escola, no mesmo ano, fazer o curso de edição de áudio. Nunca se cruzaram, no entanto, partilhavam os mesmo amigos.

Mais tarde, a Ana Luisa entrou para a Benfica Tv, e estava certa de que ali nunca encontraria a pessoa da sua vida. Uma estrelinha quis que os dois editores de áudio que lá estavam saíssem de serviço, e o Alex foi contratado para os substituir e passaram a estar a apenas 10 metros de distância.

Eventualmente, uma estrelinha espetou com os dois na mesma sala, porque já não havia paciência ‘pra isto!

Sim, foi o Benfica que acabou por juntar estes dois, mas acima de tudo, a amizade bonita que criaram antes de se apaixonarem. Ajudaram muito a isso as músicas dedicadas pelo Alex à Ana Luisa, os concertos de Cochaise, os nasceres do sol na Graça e os pequenos almoços partilhados antes do trabalho. As tardes a brincarem às fotografias e a nerdice dos dois por tudo o que é equipamentos da Apple.

Um dia, o Alex roubou um beijo à Ana Luisa, e ela pediu-o em namoro.